Eu no Frevo?

Foi através do convite de Silvério Pessoa que estive em Recife participando de um show muito especial na madrugada de domingo pra segunda. Faz muito tempo que a gente vinha se falando por email sobre algum trabalho conjunto e só agora finalmente aconteceu.

A banda maravilhosa de Silvério tocou arranjos novos pra algumas canções do meu repertório e eu cantei com ele um frevo de Getúlio Cavancanti que foi um dos homenageados da vez no Carnaval Multicural da cidade. Depois, ainda ensaiei alguns passos junto com uma criançada animada que estava assistindo ao show. Todos vocês já sabem da minha total falta de jeito pra dançar, que só faço isso “profissionalmente” e sem qualquer estilo. Portanto perderam cenas hilárias.

Foi uma experiência incrível. A praça do Arsenal estava completamente lotada, com gente de todas as idades e lugares do mundo. Silvério e sua produção são excelentes anfitriões. Muito obrigada a todos que estiveram por lá!

PS: à tarde fui dar uma conferida no bloco Quanta Ladeira e acabei em cima do palco com camiseta oficial, microfone, um copo de vodka com refrigerante e cópia do repertório (das versões desavergonhadas que só eles sabem fazer) nas mãos. Bem… se me virem por , era eu mesma… Já avisei em casa.

:  )

46 comentários em “Eu no Frevo?

  1. O melhor do Carnaval em Recife é deixar ser levado pelas surpresas. Entre um palco e outro chego no pólo fantasias com Fernanda toda colorida e de sombrinha na mão! Quem acompanha suas dancinhas não perde por esperar (se é que alguém registrou isso e vai colocar no youtube) a versão frevo made in japan. E que bom que você fez o passeio completo: “tomar umas e outra e cair no passo!” 😉

  2. Maravilhosa sua presença no carnaval de Recife! Que venha muitas e muitas vezes!!! Essa mistura toda que acontece no “carnaval melhor do meu Brasil” é sempre maravilhosa… Parabens pelo show, simplismente amei! Muito bom encontrar um FREVO no meu jardim 🙂

    1. ei zita,
      eu tava dando uma entrevista pra tevê no “quanta ladeira” quando me perguntaram o que eu ia cantar mais tarde com silvério e eu respondi errado:
      – vou cantar um TREVO do getúlio cavalcanti…
      aí na hora de cantar o TREVO mesmo, resolvi usar o FREVO.
      sem querer, querendo…

  3. Muito boa sua partcipação em ambos os palcos. Sou de Fortaleza-CE brinco o carnaval multicultural do Recife-Olinda há 11 anos, mas nunca tinha assistido a um show do Quanta Ladeira e de Silvério Pessoa, adorei ambos, estava no gargarejo em ambos e confesso que fui assistir por causa de sua presença, pois sou sua fã do Patu Fu. Agora sou fã dos três! Parabéns por conseguir dançar frevo com uma saia tão grande! ;D

  4. poxa…queria muito ter visto o show..mas nao deu…infelismente, e olhe que eu estava esperando por seu show aqui no recife…mas espero que vc volte logo viu….!!!!

  5. hahahahahahaha foi ótima a sua participação no show do silvério e num fez muito feio no frevo não. Tem muita gente daqui que não sabe dançar nem enrolar…E eu sou uma delas.

    Queria muito ter ido para o quanta ladeira mas é tanta coisa que acontece ao mesmo tempo que você acaba perdendo muita coisa, mas eu vi uma mini entrevista com a Thalma de Freitas e você e pela empolgação de vocês e pela…Enfim pelo comentário da Thalma deve ter sido no mínimo engraçado. Aqui tá o video: http://www.youtube.com/watch?v=ECixpu7HL5k

  6. Ain, Fernanda! Que participação maravilhosa foi aquela no show do Silvério, hein?

    Você estava ótima e adorei os passinhos de frevo, viu? Tá melhor que eu que sou recifence! =p Tou ainda mais feliz que saí numa foto daí do teu blog! *_*

    Volte sempre que puder, pois Recife está de braços abertos pra te receber!

  7. Olá Fernanda,
    eu estava na Praça do Arcenal, gritando que o Recife tem o carnaval melhor do meu Brasil.
    Gostei muito da sua participação com o nosso grande Silverio.
    Adorei o arranjo do Ultimo Regresso, fiquei até imaginando esssa versão gravada. Bem fica a sugestão.

    Volte sempre por aqui, será sempre bem vinda.

    Chero

  8. Adorei mesmo o show e as músicas com arranjos adaptados. Achei que não fosse conseguir chegar à porta do camarim por conta dos organizadores do evento, mas chegando lá, ela saiu um pedacinho e bateu foto com a gente e tudo, pena que não deu tempo de conversar direito pra falar q sou o cara de Fortaleza que vive perturbando ela… Espero que tenha Pato Fu ano que vem em Recife no carnaval, pra eu ir ver, pq aqui em Fortaleza é mais difícil vir Pato Fu…

  9. Caraaa, definir esse show???

    Inicialmente imaginei que seria um bom show, como só ela sabe fazer, sempre interagindo com os fãs…
    Mais esse não foi um simples show… ela me surpreendeu mais uma vez.
    E cara só sabe quem foi…
    Magnífico, lembro-me que só tinha sentido essa sensação a mais ou menos dois anos atrás quando fui a um show de Pato fu no Recbeat…

    Takai, parabéns pelo talentoo.
    E quero vê-la breve em Recife, para poder ter a oportunidade de admirar uma voz tão doce mais que nos da emoções tão eufóricaas.

    Bjuss

  10. Estava na Praça do Arsenal quando Silvério recebeu Fernanda Takai ao som do frevo. No carnaval pernambucano é assim, juntam-se artistas no mesmo palco, a exemplo do que já acontece com os ritmos pernambucanos. Resultado: o show mais contagiante que tive oportunidade de assistir neste carnaval. Os ingredientes foram a espontaneidade, o talento e o carisma de Fernanda embalados pela alegria do nosso Silvério que a recebeu de braços abertos. Muito bom ver esse encontro!!!!

    Parabéns, Fernanda!!!!

    Até o próximo carnaval!!!!

    1. HAHAHAHA Pois é, mas acho que depois que o Patu Fu se apresentou no RecBeat, nunca mais eles compartilham do pensamento de que Carnaval não presta. Ainda mais esse tão bacana do Recife!

  11. Não vi seu show em Recife. Aliás, nucna fui à Recife. Imagino que a cidade seja linda e que o carnaval inacreditável… Mas por enquanto só imagino!

    Ah! De uma coisa tenho certeza: a cidade deve ter ficado bem mais linda com você cantando por lá.

    Acompanho suas crônicas toda semana no Estado de Minas. Adoro. Outro dia eu até queria te mandar um texto que escrevi sobre você. História real que contei uma vez prá impressionar um rapaz. Como ele era louco por você (cantora) eu disse que te conhecia. Acho que não posso falar disso aqui. rsrs

    Bjos e sucesso.
    Bianca

  12. Como alguém consegue ser tão fofa? Eu fico passada! Takaaaai do céu! Um dia tenho que conhecer você! Tem que vir fazer shows aqui pro lado de Maringá, Londrina… o povo iria amar! E eu então rs. Mas como você é fofa e linda! Amorzinho demais *-*

      1. Vem! Vem logo! Mau posso esperar por esse momento *-*. Eu nunca fui a um show em toda minha curta vida de 19 anos.

  13. Olá Fernandinha,
    Estou só pra lhe contar da minha admiração por voce. Acho lindo o seu trabalho, e Luz Negra é simplesmente primoroso. Parabéns! Além disso, como escritora você é também muito boa.
    Adoro a forma como conta as coisas, e acho que voce pessoalmente deve ser realmente um “amorzinho”.
    Sou de Curitiba e quando você aqui esteve não pude ir te ver. Trabalho muito, pois sou artesã. Mas tenho seu DVD e fico vendo seu show sempre que posso. Não é a mesma coisa que ao vivo, né?
    Gostaria de poder trocar idéias com você. Penso que vc deve ser uma boa amiga.
    De qq forma, desejo a voce muito sucesso sempre, seja qual for a sua atividade. Paz e amor no seu lar.
    Muito carinho
    Edna

  14. Volte sim! Eu vou fazer questão de espalhar pra todo mundo *-*
    Tem previsões de vir pra cá no primeiro semestre desse ano?
    Eu assisti o making of beagá que você postou aqui e amei! Gostei do ‘potentão’ hahaha e do truque do lápis, não testei ainda, mas deve funcionar psicologicament rs.
    Enfim, to falando um monte de coisas nada a ver aqui, te acho muito meiga!

  15. “Com açúcar, com afeto, fiz seu doce predileto, pra você parar em casa.”
    Eu estava cantarolando esse trecho da música e fiquei pensando… Qual o seu doce predileto Fernanda?

  16. Meu Zeus, como eu perdi isso!
    Eu sou tão fã de carnaval que nem sabia da existência dessa banda/bloco Quanta Ladeira.
    Fui na segunda de carnaval para o recbeat, e adorei uns Belgas que tocaram por lá.
    Mas perder vc no palco junto esses “malas” locais, tirando saro de políticos, perdi. :/

  17. fernanda!
    sou sua fã, queria muito saber sobre o disco com a vocalista do pizzicato five..será pra quando?
    adoro pizzicato five e acho q vcs duas tem muito em comum, são cool da raiz do cabelo até as pontas dos pés!

    aliás, fui num restaurante francês “paris 6” que tem um prato com seu nome, vc sabia disso?

    bjoooooos

  18. Oi Nanda… Saudade das tuas “escreveções”… rs.
    Não demora a voltar a escrever não, viu???
    Estamos esperando… Vi que vc ia para Recife e fiquei feliz, pois o pessoal de lá também adora coisa boa!!!
    Abração cheio de saudade tua…!

  19. Oi Fernanda!

    Li Hoje no Jornal Meio& Mensagem sua entrevista! Fiquei curioso pra saber:
    Qual agência de PP você trabalhou??

    Beijos

  20. Oi Fernanda! Uma pena eu nao estar em minha cidade Natal durante o carnaval para prestigiar a algazarra que deve ter sido com a sua valiosíssima contribuicao ao carnaval de Recife. 😦
    Outros anos virao e espero que voce volte (e nos palcos! 😉 ).

    Acompanho teu trabalho desde o Pato Fu. Mas outro dia tava aqui na internet divagando sobre nossa cultura brasileira (uma maneira de matar a saudade depois de tantos anos no exterior) e me deparei com um vídeo do teu novo DVD quando fazia pesquisas para escrever um pouco sobre os ritmos e a diversidade cultural do Brasil no meu blog (coisa que faco pra matar tempo e manter contato com meus familiares e amigos – http://maoia.blogspot.com/2010/02/ola-estava-divagando-com-minha-mae-e.html). Pois bem caí no vídeo da Sinhá Pureza (que já escutei mais de 1243etrintaedez vezes) passando pelo Trevo e Odeon e me apaixonei por tuas versoes de Ben, Angel e Ordinary World. Encomendei imediatamente o DVD e o CD que já me foram devidamente enviados pela senhora minha mae e a esta altura devem estar chegando.

    Os vídeos das versoes em ingles já estao no meu Facebook, já fez sucesso entre meus amigos estrangeiros (da Bósnia por exemplo) e despertou a curiosidade de amigos alemaes que achava que voce era na verdade japonesa e adoraram o teu trabalho, incluindo as músicas em portugues.

    Siga em frente, tou aqui na expectativa de mais coisa boa!Por enquanto vou escutando o que tenho em maos até os cds arranharem…pra aliviar a minha alma desse estresse de final de doutorado. 🙂

    Beijocas,

    Rafa.

      1. Oi Fernanda!

        Tou aqui pra dizer que seu cd Luz Negra que havi encomendado à senhora minha mae acabou de chegar aqui na Alemanha.

        Mais ainda, conversando com mamae, fiquei sabendo que todo mundo lá na casa dela ficou encantado com o cd e acabaram comprando mais pra eles (nao só pra me enviar).

        Parabéns pelo trabalho! 🙂

        Vou escutar ocd “até arranhar”. O difícil vai ser enjoar…:)

  21. Adoro tuas músicas e te considero “caso único”, especialmente peculiar. Teu cantar é de imensa agradabilidade, a escolha dós repertórios também. Comparam-te à Bjork, o que não é ruim nem mal, mas te digo que ele precisa esforçar-se para ser uma Takai (risos). Gosto de saber de teus encontros musicais com meus conterrâneos nordestinos Fausto Nilo, Fagner e Robertinho de Recife. Tudo de bom pra você! Webston Moura – Russas – Ceará.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s