Convivendo Para Entender

Por uma coincidência, quase ao mesmo tempo fui convidada a conhecer melhor o tema Paralisia Cerebral.

Primeiro ganhei de presente o livro “Por Que Heloísa?”, de Cristiana Soares. Chegou pelo correio com uma dedicatória especial para Nina, minha filha de 7 anos.

Logo em seguida recebi o convite da jornalista Ana Luisa Alves para fazer uma visita ao Novo Céu, uma instituição que acolhe e cuida de crianças, adolescentes e adultos carentes, portadores de paralisia cerebral e disfunções neuromotoras graves.

Eu, minha sogra Dona Lourdes e Nina fomos conhecer a estrutura do lugar e algumas das pessoas que estão cuidando com o maior carinho e dedicação de outras que precisam muito de companhia e de estímulo. Fiz questão de levar a minha filha porque queria que ela soubesse e entendesse que as diferenças físicas e mentais que existem entre todos nós de forma alguma nos faz gente melhor ou pior. Ainda pensei que no último momento ela fosse ficar receosa em conhecer os abrigados. Mas ela tinha lido o livro da Cristiana e eu já tinha falado muito sobre ter respeito por qualquer pessoa e que todo mundo quer ter atenção, um amigo, um toque, um abraço ou ouvir uma canção…

João Vitor, Nina e eu

Ana Luisa, Arraieny, Nina e eu

Walace, Dona Lourdes, Nina e eu

Convido vocês a também buscar uma aproximação com projetos semelhantes. Seja através de doação de gêneros de necessidade das casas, ajuda financeira ou do seu tempo que é o bem mais precioso. Aqui em Belo Horizonte há outras instituições idôneas e também iniciativas como o Instituto Noisinho da Silva, idealizado por Erika Foureaux que amplia as possibilidades de inclusão dos jovens com dificuldades motoras.

24 thoughts on “Convivendo Para Entender

  1. Esse tipo de inclusão é muito delicada, e iniciativas como essa simplificam bem as coisas. A maior deficiência com certeza é o preconceito.

    ps: apesar de soar mais politicamente correto, “portador” já não é mais um termo utilizado quando falamos de pessoas com deficiência. Eles não portão a deficiência, simplesmente as tem ; )

    beijão

  2. Já tive a oportunidade de visitar o Novo Céu há algum tempo. Realmente é uma instituição super séria e que realiza um trabalho bem legal. Poder ter o contato com o assistidos e sentir que está fazendo o bem, mesmo com uma atitude tão simples, é uma experiência que marca para sempre. Parabéns pela iniciativa e, definitivamente, não é só por causa da música que eu sou sua fã. =D

  3. Amiga, amiga agora te admiro mais ainda!!! Parabens por esse trabalho, ve se no proximo me chama para levar um pouco de alegria para os que tanto sofrem!! Lembrei muito de voce essa semana pois agora serao 2 shows do seu idolo e espero que voce tenha conseguido o seu ingresso. Acho que voce merece um VIP..Voce esta muito sumida, e gosto de encontrar minha amiga cantora para falar nem que for um oi..Beijos, com carinho,
    Andrea

  4. Oi Fernanda,
    Trabalhar com essas pessoas é muito bom…e vc educar a sua filha com essa noção de não ter indiferenças é muito importante, pos vivemos num mundo de preconceitos…

    parabéns…

  5. Fernanda que linda sua atitude, que bom seria se nosso país fosse feito de pessoas como você, que além de ser super talentosa, ainda é um “SER HUMANO” fantástica!

    Um enorme beijo em seu coração…

    Fernando Channoschi

  6. Fernanda tu és realmente uma pessoa especial!!!
    Parabéns, isto é tão difícil!!! Pra mim foi…
    Já tive oportunidade de ir a instituições como estas… Mas confesso que me abalou demais, saí destruída!!!

  7. Poxa Lindo estas instituições sem fala do Núcleo Assistencial Caminhos pra Jesus ô lugar mágico. E dos muitos aqui dá nossa cidade que tbm são Lindos e nos fazem sair pensando que a cada dia temos que Louvar a Deus pela vida e familia que temos. Passei por alguns como acadêmica e AMEI.

  8. Olá!!! Gostaria de saber o que vc acha da banda catedral, sou fa e pra mim, vcs e o catedral, são as maiores bandas hoje, há a possibilidade te vcs fazerem algo juntos?
    Abraço

  9. Parabéns!
    Sou suspeita para falar sobre o Novo Céu afinal cada criança abrigada intitulo que são meus irmãos de coração.
    São pessoas que sentem e entendem tudo!!E são puras de coração e merecem muita atenção, carinho ou simplismente um abraço e um sorriso.
    Visitem o Novo Céu.
    http://www.novoceu.org.br

  10. Alguns fatos, consequentes do seu post:
    1- Fiquei curioso com esse livro. É sobre paralisia cerebral?
    2- …E lembrei de um livro chamado “A Menina Nina” o único livro que me fez chorar (E MUITO) no meio de uma livraria.
    3- Devia haver mais Fernandas Takais por aí. E não falo por puxação de saco, senão por admiração mesmo.

    Grande abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s